O SENHOR DOS PÁSSAROS 4

Obrigado, Johan Dalgas Frisch

1 de julho de 2024

Dalgas fez a vida valer pelo que construiu de proteção à natureza e pelo que ele plantou de paz.

Silvestre Gorgulho

OBRIGADO, DALGAS!

Silvestre Gorgulho: “Com Dalgas aprendi que a inspiração está na beleza do céu, no verde da natureza e no canto das aves”.

Perdemos a presença viva de Johan Dalgas Frisch, mas não perdemos seus ensinamentos e seu legado.

Sua inspiração e sua áurea continua no ar.

Com Dalgas aprendi que a inspiração está na beleza do céu, no verde da natureza e no canto das aves.

Aprendi com Dalgas que foi o canto do ruby que inspirou William Shakespeare quando escreveu Romeu e Julieta. Foi o canto do sabiá que inspirou Gonçalves Dias, nostálgico de sua terra natal, e um mundo de poetas, compositores e escritores brasileiros. De Villa-Lobos, Tom Jobim, Caetano Veloso a Jorge Amado e Luiz Gonzaga.

O trinar das aves tem o dom inspirar crianças e adultos. Tem a magia de encantar corações, de elevar a alma e de abrir as mentes para a poesia e para o amor.

O exercício da tolerância começa no quintal de nossas casas, nos parques de nossas cidades e nas matas de nossa terra.

Onde tem aves, tem qualidade de vida. Onde tem aves, tem negócios valorizados. Elas têm a força para conduzir investimentos num condomínio bem planejado ou de conseguir votos para administradores bem-intencionados. Como? Muito simples. Uma cidade com parques, jardins, bela arborização e muita flor vai atrair sabiás, canarinhos, bigodinhos, periquitos, beija-flores, um sem números de pássaros… e votos.

As aves são como crianças: na sua pureza de vida buscam apenas o alimento, o saciar da sede e o voar com liberdade.  Como as crianças, elas precisam de bem-feitores, de amigos e de protetores.

Amigo da vida é aquele que ama a natureza, que cuida das aves do lugar onde mora, dando-lhes alimento e abrigo.

Dalgas Frisch enfrentou todos os desafios para gravar o canto das aves, para gravar a “voz” das formigas, para salvar as andorinhas migratórias e para ajudar a criar parques e defender reservas florestais.

Dalgas correu todos os riscos nas matas, nos campos e nas chapadas deste Brasil para trazer um pouquinho deste País maravilhoso para dentro de nossas casas.

Correu todos os riscos – e os correria de novo – para mostrar aos brasileiros e estrangeiros as joias da natureza que encantam os céus do Brasil.

Cumpriu muito bem seu dever. Conseguiu passar muito bem essas mensagens às novas gerações.

Johan Dalgas Frisch fez a vida valer pelo que construiu de proteção à natureza e pelo que ele plantou de paz.

OBRIGADO, JOHAN DALGAS FRISCH